TRADUZA A PAGINA NA LINGUA DESEJADA DEUS VOS ABENCOE.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

O DEUS QUE NÃO ABANDONA

 O DEUS QUE NÃO ABANDONA
1. Na angústia. Elias muito se angustiou, por causa das perseguições que lhe movia Jezabel (1 Rs 18.40; 19.1-3). Temendo por sua vida, o profeta fugiu para o deserto e, ali, desejou profundamente a morte (1 Rs 19.4). Após caminhar quarenta dias e quarentas noites até Horebe, escondeu-se numa caverna (1 Rs 19.8). Ele muito se entristeceu porque achava ser o único crente em todo o Israel. O Senhor, porém, animou-o, revelando-lhe que reservara sete mil servos fiéis, em todo aquele reino, semelhantes a ele (1 Rs 19.14,18). Quantas pessoas não se sentem exatamente assim? O Senhor nunca nos desampara. Nas horas de aflição, sempre faz-se presente (Sl 50.15).
2. O amigo. Abraão foi chamado de amigo de Deus (Tg 2.23). Será que podemos ter o mesmo privilégio? Jesus chamou seus discípulos de amigos, quando o esperado era que os tratasse como servos (Jo 15.15). Ele é o amigo fiel; não nos abandona na hora difícil. Na tempestade, livrou os discípulos do naufrágio iminente. Ele multiplicou pães e peixes e ressuscitou seu amigo, Lázaro (Mc 4.35-41; Jo 6.1-15; 11.11). Aleluia!
Ao morrer em nosso lugar, Jesus ofereceu a maior prova de amor e lealdade que um amigo pode dar (Jo 15.13). Cristo, o amigo verdadeiro, morreu na cruz do Calvário para que hoje tivéssemos direito à vida eterna. Para você ter esse amigo fiel ao seu lado, basta aceitá-lo como seu salvador pessoal.
3. A sua Igreja. Dias antes de sua morte, Jesus assegurou aos discípulos que não os deixaria sozinhos, pois haveria de enviar-lhes o Consolador (Jo 14.26). Ele não abandona a sua Igreja. A promessa foi cumprida no dia de Pentecostes, quando os discípulos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas (At 2). É o Espírito Santo que convence o homem do pecado, guiando-nos em todas as coisas. O Senhor cumpriu a sua Palavra. Por isso, quando o sentimento de abandono e solidão nos sobrevier, busquemos a Deus em oração e, assim, sentiremos a doce e confortável presença do Espírito Santo.

JESUS O DEUS SALVADOR DE TODA TRIBO ,NAÇÃO, PAÍS.

 NÓS TROUCE PERDÃO , NASCIMENTO QUE ENSINA AOS MAIS SOBERBOS E ALTIVOS , QUE SE DAR POR AMOR , QUE SE DAR PARA QUE OS OUTROS POSSAM TER UMA SEGUNDA CHANCE PODE SALVAR VIDAS, NASCEU JESUS , E DESDE ENTÃO O MUNDO SOFRE POR NÃO SEGUI-LO, EM SUA SIMPLICIDADE E MORREM POR SUA VAIDADE, E POR NÃO GOZAR DO SEU AMOR ETERNO , COMO PODE SER COMEMORADO O NATAL EM MEIO A TANTA EXIBIÇÃO , EU COMEMORO O MEU NATAL MEDITANDO NAS ESCRITURAS , EU COMEMORO O MEU NATAL , CHORANDO POR AQUELES QUE NÃO TEM ALIMENTO E AMOR , EU COMEMORO O MEU NATAL CHORANDO PELAS CHICOTADAS QUE JESUS LEVOU , E PELOS PREGOS BATIDOS EM SUAS MÃOS , EU COMEMORO O MEU NATAL DE JOELHO VESTIDA DE CINZA E SACO POR AQUELES QUE NÃO CONHECEM JESUS ESSE E MEU NATAL JESUS ESSA E MINHA CEIA E QUE EU NUNCA PERCA ESSA ESSÊNCIA , PORQUE GRANDE FOI O TEU SACRIFÍCIO DEUS , EM DAR SEU FILHO PARA MORRER NAS MÃOS DE UM POVO MAL , QUE O MATOU POR SEU AMOR.

DEUS EU ORO A TI NESTA NOITE POR AQUELES QUE NÃO TEM O QUE COMER , SENHOR EU ORO NESTA NOITE POR AQUELES QUE NÃO TEM ONDE DORMIR , SENHOR EU ORO POR AQUELES QUE FORAM ABANDONADOS PELOS SEUS FAMILIARES , SENHOR JESUS EU ORO POR MEUS IRMÃOS DA IGREJA PRESEGUIDA , QUE NÃO PODEM TE ADORAR , NEM TE SERVIR , SENHOR EU ORO PARA QUE O SENHOR COLOQUE AMOR NÓS CORAÇÕES DOS NOSSOS INIMIGOS , EU ORO QUE ELES POSSAM SE CONVERTER A TI E SEREM LIVRES DE TODA MALDADE JESUS , NO TEU NOME HÁ PODER , JESUS O TEU NOME E LUZ , JESUS O TEU NOME E ESPERANÇA , EU ORO NESTA NOITE POR AQUELES QUE ESTÃO NAS DROGAS , EU ORO POR AQUELES QUE TIVERAM QUE ROUBAR PRA TER A SUA CEIA , SENHOR EU ORO PELAS PROSTITUTAS , EU ORO SENHOR POR AQUELES QUE VIVEM SEM PAZ NÓS MANICOMIOS , SENHOR JESUS EU ORO PELOS VELHOS QUE FORAM ABANDONADOS NÓS ASILOS , SENHOR EU ORO PELOS FEITICEIROS QUE ESTÃO PRESOS SEM ESCOLHA DE SERVIR A SATANAS , SENHOR EU ORO POR TODA RAÇA , TRIBO E NAÇÃO QUE NÃO TE CONHECE , EU POR TODO AQUELE QUE E INCOMPRIENDIDO POR TE AMAR SENHOR , EU ORO POR TUA MISERICORDIA E COMPAIXÃO PELAS NOSSAS VIDAS , EU ORO SENHOR JESUS POR TUA COMPAIXÃO E AMOR AGAPE NA QUELA CRUZ , DESTE TUA VIDA POR NEGROS , BRANCOS , INDIOS , PRADOS , MORENOS , LOIROS , RUIVOS , SENHOR EU ORO POR TODOS QUE ME ODEIAM , MAIS TAMBEM EU ORO POR TODOS QUE ME AMAM , AMÉM. A TERRA SE ENCHE DE JUBILO SENHOR POR SEU NASCIMENTO JESUS ,EMANUEL (DEUS CONOSCO) QUE A TUA LUZ NUNCA NÓS DEIXE PADECER NAS TREVAS ESSA E MINHA ORAÇÃO ATI JESUS.ESPIRITO SANTO , E DEUS CRIADOR , PAI ETERNO , SANTO CRIADOR DA TERRA , DEUS OUVE O MEU CORAÇÃO ATRAVES DESSA ORAÇÃO E ALCANÇA TODA RAÇA TRIBO E NAÇÃO INCLUIDAS NESTA ORAÇÃO AMÉM.

Ele Nasceu Para Que O Mundo Tivesse Esperança , Ele Nasceu Para Que Não Focimos Condenados , Ele Nasceu Por Que Seu Pai Amou O Mundo De Tal Maneira Que Deu Seu Filho Unigênito Para Que Todo Aquele Que Nele Crer Não Pereça Mais Tenha Vida Eterna, Qual Pai Deixaria Seu Filho Nascer Para Morrer Por Uma Humanidade Tão Rebelde , Tão Desprovida De Amor, De Piedade ,E União , Mais Ele Nasceu Porque Mostrou Ao Mundo Mal Que Se Pode Amar, Em Tempos De Dor ,Por Meio De Seu Amor JESUS Venceu A Morte Para Nós Dar Vida E Vida Com Abundancia , Todos Os Dias Ele Nós Ama E Nós Chama Para O Arrependimento Dos Nossos Pecados , E Foi Pro Isso Que Ele Nasceu Por Vc E Por Nim , E Para Nós Levar A Eternidade, E Morar Com Ele Na Gloria De DEUS.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Tribunal Federal ouve cristãos acusados injustamente

Após se converterem ao cristianismo, ex-muçulmanos são presos sob suspeita de tráfico de entorpecentes
25_Etiopia_0270000504
Obsa Ogeto, 32 anos, e Soka Araro, 31 anos, compareceram na última semana perante o Tribunal Federal da Etiópia, sob acusação de tráfico de entorpecentes, crime punível com até sete anos de prisão. Os homens foram presos pela polícia etíope em agosto deste ano, após sua conversão ao cristianismo ser reconhecida por amigos e familiares. Um dos acusados pagou fiança e foi liberado, enquanto o outro aguardou o julgamento detido.

Familiares dos cristãos detidos e a equipe da Portas Abertas na região acreditam que as prisões foram feitas com provas plantadas por muçulmanos liderados por membros das próprias famílias dos acusados. De acordo com o advogado voluntário da Portas Abertas, responsável pela defesa, os dois homens foram falsamente acusados pelas comunidades e autoridades locais como punição por deixar o Islã, religião dominante na região.
Como aconteceu
Uma testemunha ocular, que não pode ser identificada por motivo de segurança, afirmou que os muçulmanos ameaçaram entregar os dois homens à polícia, caso não recusassem o cristianismo e voltassem ao islamismo. Com a recusa, foram plantadas falsas provas na casa que os acusados dividiam, e a polícia foi chamada pelo mesmo grupo que os ameaçou.
Reincidência
A detenção ilícita de cristãos em áreas de maioria muçulmana em toda a Etiópia está se tornando um problema cada vez mais proeminente. Ao longo do mês passado, quatro idosos cristãos, envolvidos em uma batalha legal sobre os direitos de propriedade sobre a terra em que sua igreja é construída, foram presos e detidos por três dias em Dalocha sem direito a fiança. Um evangelista cristão em Shashemene foi preso enquanto pregava publicamente e detido durante 30 horas, sem sequer conhecer a acusação.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

O Verdadeiro Arrependimento - Rasgai Vosso Coração


 “Todavia ainda agora diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes; e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso e compassivo, tardio em irar-se e grande em benignidade, e se arrepende do mal.” Joel 2:12 e 13
O povo de Israel tinha uma séria dificuldade de obedecer a Deus. Ou melhor, não conseguia permanecer por muito tempo servindo e adorando somente a Deus. Acabava cedendo à idolatria. Por diversas vezes, Deus repreende seu povo por meio de Moisés e de muitos outros profetas. Algumas vezes, o povo se arrependeu e se voltou, de fato, para Deus. Nessas ocasiões de arrependimento, o povo costumava rasgar suas vestes e se cobrir com pano de saco em sinal de humilhação.
O livro de Joel é mais uma das repreensões ao povo de Deus. O profeta começa descrevendo a desolação em que a terra de Judá estava vivendo, devido a um ataque bélico representado metaforicamente no texto pela figura dos gafanhotos. Daí, Joel conclama o povo a se arrepender e se voltar a Deus em oração pedindo sua misericórdia e perdão.
Dentro desse contexto, Deus, mais uma vez, prova Seu amor por esse povo ao dar uma nova chance. Podemos ver isso no versículo acima, onde o Senhor lembra o povo da Sua grande benignidade e misericórdia, chegando a dizer que Ele se arrepende do mal! Em outra versão desse texto bíblico, diz que o Senhor é “inclinado a suspender o castigo”! Ou seja, Deus estava “torcendo” para que o povo se arrependesse e, assim, Ele suspenderia o castigo.
Porém, o que mais me chama atenção nessa passagem é quando o Senhor diz que o povo deveria rasgar o coração e não as vestes. É interessante que Ele começa falando de conversão, ou seja, transformação, mudança de rumo. Essa conversão tinha que ser verdadeira, de todo coração, não apenas da boca para fora. Por isso, o povo devia não apenas cumprir aquele ritual de arrependimento: rasgar as vestes, se vestir de pano de saco e se prostrar no pó. É possível que muitos tenham feito isso pensando que assim conquistariam o coração de Deus, porém, por não rasgarem juntamente os seus corações, o Senhor desprezava essa falsa humilhação.
Deus nos mostra, por meio dessa passagem, que os olhos Dele não estão voltados para as nossas atitudes externas, mas sim, para a intenção do nosso coração. Ele não está interessado em gestos e rituais vazios. Ao contrário, Ele quer um coração contrito e quebrantado (Sm 51:17), um coração sincero diante Dele.
Aqui reside uma grande lição: não adianta fazer os maiores sacrifícios, as maiores obras, nem mesmo o maior gesto de humildade, se o coração não for sincero. Isso seria apenas uma mentira, farisaísmo. Deus não quer sacrifícios, Ele quer nosso amor sincero, nossa devoção sincera.
Quando realmente nos arrependemos, não é preciso sequer atitudes humilhantes para demonstrar esse arrependimento, porque o Senhor conhece o coração. E Ele não resiste a um coração arrependido. Faz parte da Sua natureza se compadecer e perdoar. Afinal, Ele nos prova somente com o objetivo de nos fazer voltar aos Seus caminhos e nos perdoar, pois nos ama profundamente.
O desejo do Pai continua sendo o mesmo nos dias de hoje. Ele quer que a cada tropeço, a cada pecado nosso, realmente prostremos o nosso coração diante Dele em arrependimento. E não somente esbocemos externamente um arrependimento que não existe no coração. Nosso Deus é rico em misericórdia, está sempre aguardando o nosso retorno, exige apenas que esse retorno seja verdadeiro, pois não suporta a falsidade.
Isso é maravilhoso! Podemos ser sinceros com o nosso Deus, Ele nos ama como somos e deseja nos aperfeiçoar a todo o momento nos preparando para o grande dia quando vamos nos encontrar com Ele.
“O Senhor olhou com amor ardente a sua terra, e perdoou o seu povo” (Joel 2:18).

domingo, 9 de novembro de 2014

PERSEGUIÇÃO NO IRÃ

Mãe do pastor Saeed Abedini foge do Irã após ameaças

Depois de repetidas ameaças de morte, a mãe de Abedini e dois de seus irmãos fugiram do Irã no dia 31 de outubro e estão aguardando transporte para serem levados para os Estados Unidos, informou Naghmeh Abedini, esposa do pastor
8_SaeedAbedini
Naghmeh disse que sua sogra está com o coração partido por deixar Saeed, mas ela não teve escolha. “A mãe de Saeed tem estado sob constante intimidação por parte do governo iraniano, já que tem acompanhado o caso de Saeed (clemência para ele ser tratado em um hospital) e agora se vê forçada a deixar o Irã por estar sob a ameaça de ser presa”, escreveu Naghmeh em sua conta no Facebook.
“O juiz disse que o indulto não é uma opção e que não permitirá que Saeed seja tratado em um hospital”, acrescentou.
Naghmeh afirma que a despedida entre Saeed e sua mãe comovente. Devido ao estresse ela foi internada pela quarta vez. Mas já se sente bem. “Agradeço a todos que tem orado pela mãe de Saeed. Ela está segura e fora do Irã.”

O pastor Saeed Abedini foi espancado muitas vezes na prisão, e está com o estado de saúde fragilizado.
Naghmeh Abedini mantém a esperança e orações
A esposa do pastor assegura que, apesar de tudo, ainda mantém sua esperança e orações. “Sei que Deus está no controle e só Jesus receberá toda a glória pela liberação de Saeed”, disse ela para mais de 38 mil seguidores no Facebook.

MISSÕES VAMOS MUDAR A HISTORIA DO MUNDO

Dalits cristãos enfrentam mais discriminação na Índia

Dalits cristãos são novamente o alvo de discriminação na Índia.  Não é ruim o suficiente que eles sejam chamados de "intocáveis;" o governo diz que não deve e não vai ajudá-los
7_India_0430102152

Está é uma batalha dura há 50 anos, mas o crescente nacionalismo hindu tem colocado um novo holofote sobre o conflito.  O hinduísmo está experimentando um renascimento na Índia, resultando em ainda mais pressão sobre os dalits que seguem religiões minoritárias, como o islamismo e o cristianismo.

Além disso, enquanto a Constituição da Índia proíbe tecnicamente a discriminação baseada em castas, esta não é a realidade atual.

O apoio do governo na forma de educação gratuita, empregos públicos e cadeiras legislativas são protegidos por lei para hindus, sikhs, budistas e dalits.  No entanto, a mesma lei 1.950 proíbe estas formas de assistência aos muçulmanos e dalits cristãos.

Segundo o Evangelho para a Ásia, os dalits e outros grupos de baixa casta, número em torno de 700 milhões de indianos, 1,2 bilhão de pessoas, ou cerca de 58% da população total.  E, no entanto, os piores trabalhos da sociedade são reservadas para os dalits: remoção de dejetos humanos e animais mortos, varredura das ruas, desobstrução de esgotos e remendo em sapatos, para citar alguns.

"É um problema econômico sistemático", diz Fuentes.  "Gerações e gerações foram rotuladas como o 'mais baixo dos baixos;  eles são incapazes de conseguir emprego ou terem acesso à educação.”

Por causa da opressão generalizada e porque a casta é determinada no momento do nascimento, os dalits cristãos são incapazes de escapar de seu dilema.  Eles precisam de ajuda para suprir uma existência.

"As pessoas podem dar e se envolver com os dalits de forma prática.  Trabalhamos com a Igreja local para descobrir quais são as necessidades deles”, explica Fuentes.

"Esta é uma perseguição sistemática contínua que oprime um grupo de pessoas com base em sua religião e sua posição na sociedade e, como cristãos, devemos além de orar, ser uma voz para eles", afirma FuenteS.

ECLESIASTES 3 MEDITEM

EM TODO TEMPO DE CRIAÇÃO DEUS NÓS ENSINA QUE TUDO TEM SEU TEMPO , ELE NÓS FORMA POR ETAPAS E NÓS DESENHA COM SUA PERFEIÇÃO , MAIS NUNCA ESTAMOS PRONTOS PARA OS DIAS DE TEMPESTADE , POIS ELA PROCEDE SEMPRE DEPOIS DE DIAS DE INTENSO SOL , TEMOS QUE APRENDER QUE HA NÓS PREPARAR, PARA TODAS AS ESTAÇÕES DO ANO , ASSIM COMO NA NOSSA VIDA CARNAL, TEMOS QUE SUPERAR NA VIDA ESPIRITUAL AS ESTAÇÕES DO CRIADOR, TEMOS QUE PASSAR PELO VERÃO, OUTONO , PRIMAVERA E INVERNO , MAIS EM TODAS ESSAS ESTAÇÕES DEUS NÓS DA A FORÇA E SABEDORIA NECESSÁRIA DE COLHER OS FRUTOS DA SUPERAÇÃO DIÁRIA DIA A PÔS DIA , VIVENDO COM ALEGRIA A CAMINHADA DE AMOR , VENCIDA PELO SENHOR JESUS NA QUELA CRUZ , AS TEMPESTADES NEM SEMPRE TRAZEM DESTRUIÇÃO , O VERÃO COM O SEU SOL INTENSO NEM SEMPRE TRAZ FERTILIDADE , NA PRIMAVERA PODEMOS SENTIR O PERFUME E VER A BELEZA DAS MAIS LINDAS FLORES , O OUTONO NÃO É APENAS A ESTAÇÃO MARCADA PELA QUEDA DAS FOLHAS E FLORES MAIS NÓS TRAZ TAMBÉM UMA GRANDE RIQUEZA DE VARIEDADES DE FRUTAS , APROVEITE CADA ESTAÇÃO , E VIVA PLENAMENTE O CRESCIMENTO DE DEUS EM TODAS ELAS.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

NOSSO AMIGO NUNCA NÓS ABANDONA

AS VEZES PASSAMOS NOITES ESCURAS QUE PENSAMOS QUE VAMOS PERECER AI PROCURAMOS UM AMIGO , E NÃO ENCONTRAMOS , PROCURAMOS ALGUÉM PARA ORAR POR NÓS E NÃO ACHAMOS , QUERIAMOS ATE LIGAR PRA ALGUÉM MAIS NEM CREDITO TEMOS , AI AS NOSSAS LAGRIMAS COMEÇÃO A CAIR E QUEM SE FAZ PRESENTE ALI COM VOÇÊ O ESPIRITO SANTO DE DEUS E MESMO SEM VC TER FORÇAS DE ABRIR A SUA BOCA ELE TE TOMA EM PALAVRAS QUE SÓ ELE SABE E COMEÇA A FALAR COM DEUS , SIM DIRETAMENTE AO TRONO DE DEUS E VOÇÊ COMEÇA A SENTIR CONSOLO , ANIMO , E SEUS OLHOS INUMDADOS DE LAGRIMAS COMEÇÃO A SE ENXUGAR E VC COMEÇA A DORMIR PORQUE O CHORRO PODE DURAR UMA NOITE , MAIS A ALEGRIA VEM AO AMANHEÇER , NUCA SE ESQUEÇAM O SEU VERDADEIRO AMIGO NUNCA TE DEIXA OBRIGADO ESPIRITO SANTO , E PERDÃO PORQUE QUERIA TANTO UM AMIGO MATERIAL NESTE MOMENTO DIFICIO , E O MEU VERDADEIRO AMIGO ESTAVA ALI VC ESPIRITO SANTO DE DEUS , E EU NEM TE PERCEBI A NÃO SER QUANDO TU COMEÇASTE A ME DAR O SOCORRO DO CÉU , O SEU VERDADEIRO AMIGO E O SANTO ESPIRITO DE DEUS NUNCA SE ESQUEÇAM DISSO. OBRIGADO JESUS POR ME DAR UM AMIGO PRESENTE , AMOROSO , FIEL , QUE ME COMPRIENDE , QUE LIVRA DO INIMIGO , QUE ME DA ANIMO , QUE ME EXALTA E ME TRAZ TODOS OS DIAS PROVAS VIVAS DO TEU AMOR POR NIM , MESMO SEM EU MEREÇER . TE AGRADEÇO JESUS POR TER MORRIDO POR NIM E TER ME FEITO UMA PREGADORA DA TUA PALAVRA E UMA LEVITA DA TUA CASA . PALAVRAS NÃO PODEM EXPRESSAR A MINHA GRATIDÃO OBRIGADO ESPIRITO SANTO , TE AMO , E SEU QUE TEU AMOR POR NIM E MAIOR , OBRIGADO DEUS POR TER DADO O TEU FILHO PARA QUE NÓS NÃO VIESSIMOS A PEREÇER.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

SEJAI FIRMES NA FE SUPORTANDO TODA A PRESEGUIÇÃO POIS TUDO ESTA NOS PLANOS DE DEUS

Uma jovem é presa e seis mulheres se convertem na Tanzânia

A incrível força e paixão de Rhoda* têm crescido com sua luta pela sobrevivência. Rejeitada pelos pais muçulmanos, ela foi recolhida pela esposa de um pastor e converteu-se ao cristianismo quando tinha 14 anos. Depois de ser forçada por uma multidão de vizinhos islâmicos a urinar sobre o Alcorão, ela foi sentenciada a dois anos de prisão com somente 18 anos
prisão_160414.jpg

Deus usou o tempo de Rhoda na prisão para atrair muitos para seu reino. Ela foi solta após um ano em uma apelação quando a Portas Abertas a ajudou com os honorários de seus advogados e ela teve seu registro limpo. Colaboradores da Portas Abertas a visitaram em sua casa, na costa da Tanzânia, para ouvir seu testemunho.
“Um pouco antes de ocorrer o incidente”, lembra Rhoda, “eu sonhei que estava afundando em um buraco, mas eu tinha uma Bíblia em minha mão que eu segurava acima da cova e estava pregando o Evangelho apesar daquela situação. O interessante é que quando eu estava presa, a Bíblia que a Portas Abertas me trouxe fez com que todos os guardas me chamassem de pastora!”
Deus usou as “fracas palavras” de Rhoda e seis mulheres entregaram sua vida a Cristo antes dela ser libertada. “Eu aprendi que nada do que acontece a um cristão, por mais doloroso que seja, nunca é desperdiçado. Todas as experiências nos trazem bênçãos. Eu pensei mais tarde que talvez tivesse sido presa por causa daquelas seis  mulheres. É claro que a conversão delas fez a dor valer a pena.”
Tudo começou em 5 de janeiro de 2012. Rhoda estava em casa com uma amiga lendo a Bíblia quando uma vizinha muçulmana veio e olhando a Bíblia, perguntou a ela: “Jesus é Deus?” Tanto Rhoda quanto sua amiga responderam: “Sim, ele é.” A vizinha iniciou uma discussão, insistindo que Jesus não é Deus, até que outros se juntaram por causa da altura de sua vozes.
“As mulheres em seguida insistiram que eu deveria jogar o Alcorão no chão se eu achasse que Jesus era Deus, dizendo que eu iria enlouquecer ou me transformar em um animal selvagem se eu fizesse isso”, ela relata.
A multidão continuou crescendo, a maioria mulheres. Rhoda foi para dentro e trancou as portas. Elas começaram a bater nas portas e janelas gritando: “Abra e urine no Alcorão ou nós iremos espancar você!”
Sem defesa, Rhoda se ajoelhou para orar. “Senhor”, ela disse, “o Senhor sabe que eu não quero fazer isso, mas elas estão me forçando. Então, por favor, dê-me forças e use tudo isso para provar que és Deus”.
Ela então abriu a porta, pegou o Alcorão das mulheres e foi até o banheiro. Urinou sobre ele e trouxe de volta a elas. Elas se recusaram a pegar dizendo “fique com seu Alcorão contaminado”, e elas o jogaram no vaso sanitário.
A multidão se dispersou e Rhoda se encaminhou para o culto de louvor do meio da semana. No caminho de volta para casa ela sentiu uma estranha urgência para tomar um caminho diferente. “Era direcionamento de Deus”, ela disse, “porque muçulmanos armados com machados, espadas e facas estavam esperando por mim naquela rota.”
“Deus literalmente cobriu seus olhos porque eu passei no meio deles, mas por uma direção diferente, e eles não concordaram se realmente era eu ou não. Curiosamente, eu não tive medo e estava quase confirmando que era eu, mas minha boca se recusou a funcionar! Eu acredito agora que Deus fechou meus lábios para salvar minha vida.”
Com toda a cidade procurando por ela, alguns irmãos da igreja a escoltaram até a delegacia de polícia. A multidão a encontrou lá e admitiu abertamente: “Nós não sabíamos que era você passando na estrada antes, você tem muita sorte de ter chegado aqui com segurança! Nós teríamos matado você lá.”
O incidente deflagrou tumultos e duas igrejas foram incendiadas na cidade. Os muçulmanos ameaçaram invadir a delegacia de polícia, mas foram dispersados e Rhoda foi posta em prisão preventiva. Ela se declarou culpada e foi sentenciada a dois anos de prisão.
Ela relembra o grande suporte que recebeu da Portas Abertas enquanto prisioneira. “A visita encorajou grandemente meu coração e eu sabia que Deus não havia me esquecido.”
“Na prisão eu tive um sonho em que o Senhor me disse, ‘Não tenha medo Rhoda.’ Ele então me instruiu a abrir em Apocalipse 3.8 - ‘Eu conheço suas obras. Eis que coloquei diante de você uma porta aberta que ninguém pode fechar. Sei que você tem pouca força, mas guardou minha palavra e não negou meu nome.”’ Ela viu que este era um sinal de que ela logo seria liberta.
“Eu não chorei, mesmo quando estive em perigo, quando fui presa, e nem durante a audiência e mesmo durante a prisão. Mas, no dia que eu caminhei como uma mulher livre, eu chorei! Eu estava tão alegre que somente lágrimas poderiam expressar minha gratidão ao ver como Deus havia lutado por mim.”
Deus protegeu e honrou Rhoda pelo seu tempo na prisão com carcereiros e detentos se referindo a ela como “pastora”. “Eu só encontrei bondade em cada turno”, ela recorda, “elas também constantemente insistiam para que eu não dormisse até eu ensinar a elas sobre a Bíblia.” Ela conseguiu grande força por meio da Bíblia, particularmente com as histórias de sofrimento e aprisionamento de Paulo e Silas por sua fé.
Felizmente, o caso de Rhoda foi esquecido pelos muçulmanos em sua cidade, e livre de mais perseguições, ela olha para o futuro. Corajosa, humilde e firmada na fé, ela agora anseia por utilizar seus dons espirituais de oração e ensino, esperando se juntar ao ministério da Escola Dominical de sua igreja e prosseguir com a educação superior.
Atualmente, vive com o apoio de uma família cristã, e está interessada em encontrar sua mãe assim como seu pai e irmã, que agora sabem que ela é cristã e não querem nada com ela.
Embora a maioria da população da Tanzânia continental seja cristã, o percentual de muçulmanos parece estar crescendo; especialmente jovens muçulmanos parecem estar vulneráveis à radicalização. A Tanzânia ocupa a 49º na Classificação da Perseguição Religiosa .
Rhoda se mantém destemida. “Por tudo isso, Deus me mostrou que se os cristãos negam a Cristo em frente às pessoas, ele irá negar-nos também. Se nós o reconhecemos, ele irá nos reconhecer perante o Pai no céu. Não tenha medo de testificar perante as pessoas, mesmo se forem hostis, Deus luta por si só.”
*Nome alterado para a segurança da cristã.

A PAZ DE CRISTO QUERIDOS LEITORES

ESTAVA UM POUCO AUSENTE MAIS AGORA ESTOU VOLTANDO PARA POSTAR NOVOS ESTUDOS E NOVAS INFORMAÇÕES SOBRE A IGREJA PERSEGUIDA , QUE DEUS ABENÇOE VCS COM FORÇA E FÉ NÃO VÓS DEIXANDO VACILAR NEM FRAQUEJAR DIANTE DAS PERSEGUIÇÕES E DIVERSIDADES DESSE MUNDO , SIGAM FIRMES CRENDO QUE O VOSSO GALARDÃO ESTA EM CRISTO E A VOSSA MAIOR VITORIA E A SALVAÇÃO QUE PROVEM DELE PARA OS QUE PREMANECEREM FIES DEUS VÓS ABENÇOE, HOJE E SEMPRE . SHALOM.

Perseguição aos cristãos aumenta no Irã 23 abr 2014IRÃ Oficialmente, o Ano Novo iraniano (Noruz) aconteceu há quase um mês, no dia 21 de março. As celebrações, porém, soam falsas para muitos, incluindo 49 cristãos presos. Nono país na Classificação da Perseguição Religiosa, no Irã, os ataques contra as comunidades cristãs têm aumentado e a proibição às atividades das igrejas domésticas é aplicada com maior rigor

Perseguição aos cristãos aumenta no Irã

Oficialmente, o Ano Novo iraniano (Noruz) aconteceu há quase um mês, no dia 21 de março. As celebrações, porém, soam falsas para muitos, incluindo 49 cristãos presos. Nono país na Classificação da Perseguição Religiosa, no Irã, os ataques contra as comunidades cristãs têm aumentado e a proibição às atividades das igrejas domésticas é aplicada com maior rigor
PerseguiçãoAumentaIrã_23042014.jpg



Com o ano novo iraniano, algumas coisas ‘novas’ têm acontecido à República Islâmica. O famoso presidente austríaco Heinz Fischer aceitou o convite para visitar o Irã. Nenhuma data foi marcada, mas essa será a primeira visita de um chefe de estado do Ocidente em muitos anos, já que ninguém visitou o Irã durante o governo dos antecessores do presidente Rouhani, Mohammad Khatami e Mahmoud Ahmadinejad.
A despeito das aparências amigáveis para com o Ocidente, a recente eleição de Rouhani não contribuiu para diminuir as injustiças que muitos cidadões iranianos, especialmente os não muçulmanos, continuam a sofrer.
Outro evento ‘novo’diz respeito à cidadã anglo-iraniana Roya Nobakht, que foi presa em outubro de 2013 por dizer no Facebook que o Irã é ‘muito islâmico’. Roya esteve nas manchetes por ter sido acusada oficialmente de ‘insultar a santidade do islã’, um crime punível com a morte.
Especialistas que seguem o que tem ocorrido no Irã continuam escandalizados com a lista de abusos de direitos humanos do país, especialmente com os cristãos e outras minorias.
De fato, o relator especial da ONU sobre a situação de Direitos Humanos no Irã, Ahmeed Shaheed, informou a situação ao Conselho de Direitos Humanos da ONU em março.
Enquanto a maioria dos casos envolvendo cristãos é julgada em tribunais revolucionários para os crimes de ‘segurança nacional’, o relato destaca que alguns cristãos enfrentam acusações em tribunais penais públicos por manifestações de crenças religiosas. Por exemplo, um tribunal condenou quatro cristãos a 80 chibatadas por beberem vinho durante a ceia em outubro de 2013.
Da mesma forma, em janeiro de 2014, pelo menos 49 cristãos estavam presos. Somente em 2013, as autoridades prenderam pelo menos 42 cristãos, dos quais 35 foram acusados de participação informal em igrejas domésticas, associação com igrejas fora do Irã, atividade evangélica real ou percebida, e outras atividades cristãs comuns. As penas variam de um a 10 anos de prisão.
Desde outubro de 2010, o discurso do Aiatolá Ali Khamenei, no qual disse que há uma luta entre "os inimigos do islã que estabelecem e incentivam a expansão do cristianismo no Irã", o governo iraniano tem aumentado de forma consistente as restrições contra as pessoas que se convertem do islã ao cristianismo. Considerando o que aconteceu no período relatado, a pressão recente sobre os cristãos parece confirmar isso.
A Igreja Presbiteriana de São Pedro, em Teerã, foi adicionada, em dezembro de 2013, à crescente lista de igrejas onde os cristãos de língua farsi são proibidos de participar dos cultos ou de entrar nas instalações. Anteriormente, o Ministério da Inteligência pediu aos membros da Igreja de São Pedro para submeter suas carteiras de identidade e informações pessoais ao ministério. Isto foi feito provavelmente para intimidar os membros da igreja e evitar que frequentassem os cultos. Em agosto de 2013, o mesmo ocorreu à Igreja Católica de Abraão, em Teerã, que anunciou que os cristãos de língua farsi seriam proibidos de frequentar os cultos em cumprimento a exigências do governo. Em junho de 2013, a igreja havia recebido ordens de submeter cópias das carteiras de identidade dos membros.
Vários pastores de igrejas estabelecidas (armênios, assírios) que estavam sujeitos a restrições antes de outubro de 2013 foram ainda mais pressionados pelo governo através de intimidações e interrogatórios para encorajá-los a cessarem suas atividades e deixarem o país.
As pressões para manter os cristãos de origem muçulmana fora das igrejas tradicionais têm resultado em um movimento de igrejas domésticas próspero, mas vulnerável.
Os líderes de igrejas domésticas e seus membros são ameaçados por ataques às suas reuniões, especialmente no Natal. Líderes ou membros ativos foram presos, incuindo pelo menos 16 cristãos ex-muçulmanos, durante o período coberto pelo relatório da ONU. Material, livros e DVDs cristãos foram confiscados.

Cristãos foram agredidos fisicamente. Alguns foram levados para localidades desconhecidas e tem sido difícil determinar seu paradeiro. Os familiares de membros que tentam descobrir a localização de cristãos presos foram ameaçados a permanecerem calados. Quando perguntadas sobre as condições de cristãos que supostamente estariam na prisão Evin, as autoridades se recusaram a dar respostas em alguns casos e despediram os familiares com preocupações. Enquanto um pastor estava detido na prisão, sua casa foi invadida em dezembro de 2013. Sua esposa e seus filhos foram ameaçados pelas forças de segurança e um laptop e material cristão foram levados.
Alguns estão presos há muito tempo e não recebem o tratamento médico necessário. No caso de Saeed Abedini, o pastor americano-iraniano preso, foi informado que ele tinha sido levado para um hospital enquanto Catherine Ashton, alta representante da União Europeia, estava em visita oficial ao Irã, mas não recebeu tratamento adequado.
Aparentemente, até mesmo a tradição de longa data de permitir uma licença de duas semanas em casa aos prisioneiros de longo prazo (o que se assemelha a passar o Natal em casa) foi arbitrariamente aplicada.

Ore pelo Irã!

MEDITE NISSO

Recadoseglitters.com

JESUS ESTA VOLTANDO E TE CONVIDA A SEGUI-LO E VC QUAL E A SUA DECISÃO?


Jesus Cristo - Recados Para Orkut

Ocorreu um erro neste gadget